domingo, 31 de outubro de 2010

Eu sou feita de dúvidas

imagem tirada daqui

Pelo o que me diz respeito
Eu sou feita de dúvidas
O que é torto, o que é direito
Diante da vida
O que é tido como certo, duvido
E não minto pra mim
Vou montada no meu medo
E mesmo que eu caia
Sou cobaia de mim mesma
No amor e na raiva
Vira e mexe me complico
Reciclo, tô farta, tô forte, tô viva
E só morro no fim
E pra quem anda nos trilhos cuidado com o trem
Eu por mim já descarrilho
E não atendo a ninguém
Só me rendo pelo brilho de quem vai fundo
E mergulha com tudo
Pra dentro de si

Paris


Andei muito para achá-la. Dica: se você achar a Notre Dame você encontrará essa livraria (única e maravilhosa); também encontrará Sain-Michel que vale muito a visita; poderá conhecer ou mesmo se hospedar no Hotel du Levant e finalmente almoçar no restaurante La Cour de la Huchette.


Tomar chocolate quente no
Café des Deux Moulins (não tem preço), local no qual Amelie trabalhava de garçonete localizado no bairro de Montmartre.

Cheguei aonde meu coração queria chegar

Não sabia que era precisamente esse fracasso que me levaria ao lugar que desejava. As correntes do rio profundo foram mais generosas que o meu remar contra elas. Não cheguei aonde planejei ir. Cheguei, sem querer, aonde meu coração queria chegar, sem que eu o soubesse.

sábado, 30 de outubro de 2010

True Blood

Série de TV dramática estadunidense criada por Alan Ball, baseada na série de livros Southern Vampires da americana Charlaine Harris. O programa é exibido pela HBO nos Estados Unidos e foi ao ar pela primeira vez no dia 7 de Setembro de 2008.

True Blood fala sobre a co-existência de vampiros e humanos em "Bon Tomps", uma pequena cidade fictícia localizada em Louisiana. A série é focada em Sookie Stackhouse (Anna Paquin), uma garçonete telepata que se apaixona pelo vampiro Bill Compton (Stephen Moyer).

Sinopse
Numa nova era de evolução científica, os vampiros conseguiram deixar de ser monstros lendários para se tornarem cidadãos comuns. Essa mudança, que aconteceu do dia para a noite, deve-se a cientistas japoneses, que inventaram um sangue sintético, fazendo com que os humanos deixassem de ser o seu prato principal. Já os humanos ainda não se sentem totalmente seguros convivendo lado a lado com toda a legião de vampiros que está saindo de seus caixões. Ao redor do mundo, cada um escolheu o seu lado a favor ou contra essa revolução, mas numa pequena cidade de Lousiana, as pessoas ainda estão formando a sua opinião. Sookie, garçonete de um pequena lanchonete, tem o poder de ouvir os pensamentos das pessoas e não vê problemas na integração desses novos membros à sociedade, principalmente quando se trata de Bill Compton, um atraente vampiro de 173 anos de idade. Mas ela pode vir a mudar de opinião, à medida que desvenda os mistérios que envolvem a chegada de Bill em sua cidade.

Fonte: wikipedia

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Algumas pessoas

imagem tirada daqui

Algumas pessoas a gente nem imaginava que existiam, mas, meu Deus, que agrado bom é para a alma descobrir que vivem. Que estão por aqui conosco. Pessoas que fazem muita diferença na nossa jornada, com as quais trocamos figurinhas raras para o nosso álbum...

A gente vai à luta

imagem tirada daqui

Mas a gente vai à luta
e inventa um novo sonho,
uma esperança,
mesmo recauchutada:
vale tudo menos chorar
tempo demais.
Pois sempre há coisas boas
para pensar.
Algumas se realizam.
Criança sabe disso.

First day of my life

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

O tempo


Sei que há em toda circunstância
alguma espécie de dádiva
que o meu coração,
tantas vezes míope,
não consegue enxergar bem, de longe.
O tempo, (...)
aproxima as lições.(...)
A minha vida reverencia
essa sabedoria. Não sei nada,
na maioria das vezes
não entendo nada,
mas eu tenho fé.

L'amour

L'amour

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Paixão pelos Beatles!

Ilustração do livro Macanudo No 1
(Foto: Liniers / Zarabatana Books)

sábado, 23 de outubro de 2010

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

¡Adiós Madrid!



Adiós Madrid. Vuelvo a vivir.
Dura raíz, siento al partir
que algo de mí se queda aquí
ya para siempre: la ardiente ilusión de quererte,
ser fuerte y dejarte, sin dejar de amarte.


terça-feira, 19 de outubro de 2010

Amiens

Amiens é também conhecida pelos hortillons, jardins nos pântanos localizados ao longo do Rio Somme.

Lá nasceu o criador do jogo matemático Torre de Hanoi, Edouard Lucas, e onde faleceu o famoso escritor Júlio Verne.

Curiosidades sobre a cidade

Em 1802 foi firmada a Paz de Amiens, entre Inglaterra e França

Durante a Segunda Guerra Mundial, a prisão de Amiens foi bombardeada pela RAF(Royal Air Force - a Força Aérea Britânica), na chamada "Operação Jericó", pois descobriu-se que os alemães pretendiam executar mais de 100 prisioneiros que faziam parte da Resistência Francesa. O objetivo era abrir fendas nos muros para que eles pudessem fugir, antes da invasão da Normandia. Dos 717 presos, 102 morreram, 94 ficaram feridos, 258 escaparam, dentre eles 79 membros da resistência.

Em Amiens foi realizado o primeiro transplante de rosto do mundo, no ano de 2005. A paciente foi a francesa Isabelle Dinoire, 38 anos, que teve o rosto desfigurado por seu cachorro da raça labrador.

No ano de 2006, o dramaturgo francês Norbert Abourdaham, então com 57 anos, "trancou-se" em uma das jaulas do zoológico da cidade para "buscar inspiração" para uma de suas peças de teatro, conforme noticiaram os jornais, na época.

P.S. Por causa da greve em Paris estou em Amiens! Cidade linda! Valeu muito!

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

terça-feira, 12 de outubro de 2010

Nowhere Boy



Filme britânico de 2009, que retrata a infância e a adolescência de John Lennon. Teve sua estreia mundial em 29 de outubro de 2009 na noite de encerramento do Festival de Cinema de Londres .

O filme é baseado no livro Imagine This: Growing Up With My Brother John Lennon.O roteiro escrito por Matt Greenhalgh detalha a história de Lennon como um adolescente solitário, abandonado por sua mãe (Julia Lennon) e criado por uma tia autoritária (Mimi Smith), e sua amizade com o Paul McCartney.

domingo, 10 de outubro de 2010

Você pode dizer que sou um sonhador...


Você pode dizer que sou um sonhador;
mas não sou o único;
espero que um dia você se junte a nós,
e o mundo será como um só.

Há gente que...



Há gente que, em vez de destruir constrói;
em lugar de invejar, presenteia;
em vez de envenenar, embeleza;
em lugar de dilacerar, reúne e agrega.

sábado, 9 de outubro de 2010

I am free!

O perfume

As pessoas podiam fechar os olhos diante da grandeza, do assustador, da beleza, e podiam tapar os ouvidos diante da melodia ou de palavras sedutoras. Mas não podiam escapar ao aroma. Pois o aroma é um irmão da respiração. Com esta, ele penetra nas pessoas, elas não podem escapar-lhe caso queiram viver. E bem para dentro delas é que vai o aroma, diretamente para o coração, distinguindo lá categoricamente entre atração e menosprezo, nojo e prazer, amor e ódio. Quem dominasse os odores dominaria o coração das pessoas.


Fonte: Süskind, Patrick. O perfume: história de um assassino. Editorial Seix Barral: Barcelona, 2008.

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Perder tempo a explicar...


"Perder tempo a explicar por que gosta seria pouco menos que inútil, há coisas na vida que se definem por si mesmas, um certo homem, uma certa mulher, uma certa palavra, um certo momento, bastaria que assim o tivéssemoas enunciado para que toda a gente percebesse de que se tratava, mas outras coisas há, e que até poderão ser o mesmo homem e a mesma mulher, a mesma palavra e o mesmo momento, que, olhadas de um ângulo diferente, a uma luz diferente, passam a determinar dúvidas e perplexidades, sinais inquietos, uma insólita palpitação..."

L'amour



It's raining hearts


quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Quando mocinhas...



Quando mocinhas, elas podiam escrever seus pensamentos e estados d´alma (em prosa e em verso) nos diários de capa acetinada com vagas pinturas representando flores ou pombinhos brancos levando um coração no bico. Nos diários mais simples, cromos coloridos de cestinhos floridos ou crianças abraçadas a um cachorro. Depois de casadas, não tinha mais sentido pensar sequer em guardar segredos, que segredo de uma mulher casada só podia ser bandalheira. Restava o recurso do cadernão do dia-a-dia, onde, de mistura com os gastos da casa cuidadosamente anotados e somados no fim do mês, elas ousavam escrever alguma lembrança ou confissão que se juntava na linha adiante com o preço do pó de café e da cebola.

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Here comes the sun...


O sol queima o que toca.
O verde à luz desenverdece.
Seca-me a sensação da boca.
Nas minhas papilas esquece.

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

The Golden Rules


The Golden Rules
Mariage Frères' Five golden rules for Making Tea Successfully

For black teas, matured teas, blue teas, and flavoured teas
Un
Pre-heat the teapot, after inserting the tea strainer or filter, * by rinsing it with boiling water.
Deux
Place a teaspoon of tea (roughly 2.5 g) per cup in the warm strainer* and let it stand for a few moments, allowing the steam to begin developing the leaves' aroma.
Trois Pour simmering water on the tea so that all the leaves are covered.
Quatre Let the tea steep (refer to chart)
About 2 minutes for fannings
About 3 minutes for broken leaf teas
About 5 minutes for whole leaf teas
Barely 3 minutes do the first flush Darjeeling (slightly increasing the amount of tea to 3.5 g per cup)
7 minutes for blue teas
Cinq It is then essential to remove the strainer or filter*containing the leaves. the tea must then be stired (another important step) and finally poured. Teas from great gardens should not be drunk too hot; let them stand a few moments after steeping, so that the palate can better appreciate the most subtle of fragrances.

White and green teas:
Un
Pre-heat the pot or chung (cup with cover) as above.
Deux
Place the appropriate amount of tea per person or cup (refer to chart). Let the tea leaves stand for a few moments to allow the steam to begin developing the aroma.
Trois Place the appropriate amount of tea per person or cup (refer to chart).
Quatre Let the tea steep (refer to chart) :
For green tea, 1 to 3 minutes
For the white tea Yin Zhen, 15 minutes
For the white teas Pain Mu Tan, 7 minutes
Cinq Remove the tea leaves, stir and serve.

* Use a cotton tea taster filter if no strainer come with the teapot.

How to avoid work

domingo, 3 de outubro de 2010

sábado, 2 de outubro de 2010

Normal? I don't think so...


Normais levantam, reclamam, vestem, irritam-se, xingam
e cumprimentam sempre da mesma forma.
Dão as mesmas respostas para os mesmos problemas.
Tem o mesmo humor no serviço e em casa.
Petrificam sorrisos no rosto, dão presentes sempre nas mesmas datas.
Enfim, tem uma vida estafante e previsível. Fonte para vazios e enfados.
Normais não surpreendem, não encantam.
Deus, livra-me dos normais.

Cerimônia do Chá

Com 80 anos de idade, o mestre chinês Zhaozou era abade no templo Guanyinyuan de Zhaozou, onde por um período de 40 anos ensinou sua versão pessoal do Zen. A seguinte estória é sem dúvida ligada ao templo Guanyinyuan.

Certa vez um noviço veio até Zhaozou e perguntou, "Sou um noviço, você tem alguma instrução para mim?".

Zhaozou disse: "Já tomou o desjejum?".

O noviço respondeu, "Sim, já".

Zhaozou então disse, "Se você já terminou o desjejum, lave sua vasilha".

Em outras palavras, faça o que deve ser feito como deveria ser feito.

Este é o Budismo e é bem parecido com o que Keizan Zenji queria dizer quando disse, "Quando é hora para o chá, beba; quando é hora da refeição, coma".

A essência da cerimônia do chá é a mesma coisa. Uma vez que a lista de convidados é determinada, o anfitrião prepara tudo meticulosamente no mesmo dia em que os visitantes chegam. No dia da cerimônia do chá, checa mais uma vez para ter a certeza de que tudo está certo. Pendura o pergaminho e o arranjo floral na sala de cerimônia do chá. Varre o pavilhão de espera, rega as plantas na passagem do jardim e aguarda os convidados. Ele faz tudo o que deveria ser feito. De fato, diz-se que a cerimônia do chá consiste em fazer as coisas que deveriam ser feitas todos os dias na sua totalidade.

Fonte: Revista Caminho Zen, v. 8(1), 2003, p. 4-8.

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Não devemos perder a esperança

imagem tirada daqui

"O modo como vemos as coisas hoje não precisa ser igual àquele de ontem. As situações e o relacionamento com elas mudam, assim como nós.
A mudança constante indica que não devemos perder a esperança."

L'amour

Amelie, an innocent and naive girl in Paris,
with her own sense of justice,
decides to help those around her and along the way,
discovers love.